segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Dom João se despede de Brasília

domjoaobraz_missadesp
Uma missa neste domingo, 13, marcou a despedida do administrador apostólico da arquidiocese de Brasília (DF), dom João Braz de Aviz. Mais de três mil pessoas participaram da cerimônia, que aconteceu na Catedral Nossa Senhora Aparecida e contou com a presença do clero e de fiéis das 128 paróquias da arquidiocese. O núncio apostólico, dom Lorenzzo Baldisseri, e o secretário geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa, também concelebraram com dom João.


Nomeado pelo papa Bento XVI prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Vida religiosa no Vaticano, dom João viaja para Roma nesta segunda-feira, 14 para assumir o cargo, depois de sete anos como arcebispo da capital federal. A partir de 16 de março, ele assume sua nova função. Seu sucessor ainda não foi nomeado.
“Partir é preciso para continuar a missão. Amei apaixonadamente esta Santa Igreja”, disse dom João.
Em entrevista à Assessoria de Imprensa da CNBB, após sua nomeação, no dia 4 de janeiro, dom João falou do seu amor a Brasília e das dificuldades e alegrias ao longo dos sete anos que passou na capital federal.
“Amei e amo muito esta cidade. Foi uma missão grande. Temos aqui uma realidade bonita, mas complexa. Temos a conotação política da capital federal, lidamos com as crises políticas nos últimos tempos o poder público foi totalmente esvaziado e veio à tona todo esse processo de corrupção; nós vimos que tudo isso testou a capacidade democrática de uma população de não acabar sendo submergida, mas superou com sua força democrática e hoje estamos retomando um caminho bom. Esse lado é complicado em Brasília, mas muito rica essa relação com as autoridades. A própria CNBB realiza isso em nível nacional e nós realizamos em nível local do Distrito Federal”, disse dom João.
Na ocasião, o administrador apostólico ressaltou também a religiosidade do povo de Brasília . “Brasília é uma vitrine de todas as religiões e Igrejas. Aqui cada um tem seu lugar de povo brasileiro que professa a sua fé; e ter essa relação de diálogo respeitoso, ser amigo da verdade e caminhar juntos com valores é outro desafio grande que enfrentamos com amor e alegria não podendo fazer muitas coisas, mas o que fizemos foi nessa direção”.
Foto: Gislene Ribeiro

FONTE: CNBB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Coloque aqui o seu comentário. Deixe sua sugestão, elogio ou reclamação.
Obrigado por fazer este blog melhorar a cada dia!